"Este blog é administrado por Simone Fernandes e não tem nenhum vínculo com fã-clubes do cantor. É somente uma forma de homenagear este grande artista, compartilhando suas histórias, respeitando seu legado, família, amigos e os milhares de fãs que existem no mundo todo."



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

29/03/15

ELVIS E AS MULHERES DE SUA VIDA - PARTE 1

Na década dos anos 1950, no sul dos Estados Unidos, por tradições da religião protestante do local, o sentimento de 'amor' era guiado por um verdadeiro culto à mulher. O que seria o objeto mais devotado? A mãe. O 'amor físico' era motivo de horror. Este comportamento e pensamento, provocou um verdadeiro complexo e até mesmo neuroses. E no curso daquele últimos trinta anos, ia crescendo uma onda  de sensualidade.

Toda essa cultura de comportamento, atitudes e pensamentos, nos dá uma vasta compreensão das relações que Elvis tinha com as mulheres. Criado no sul, num ambiente conservador e protegido por sua mãe, o cantor se encaixava exatamente nessa doutrina sulista. Reduzindo a mulher aos polos extremos com duas visões: a esposa, mãe, virtuosa, assexuada e vestida discretamente como uma santa; a outra visão é de uma mulher vulgar, frívola, sensual e desprendida.

Elvis foi crescendo aprendendo a respeitar esses valores em relação a figura da mulher. 
Tímido, alimentado por seus complexos de adolescente, limitou seus contatos com as garotas da sua idade, apesar de atraí-las, admiradas por sua delicadeza e fragilidade. Assim foi com Regis Vaughan, que foi seu par no baile de formatura, ao completar 18 anos de idade. Por confidências de pessoas próximas que conviveram com Elvis, foi nesta época que ele começou sua vida sexual, de acordo com as regras da época e do local, que dispensava os homens em caráter de 'pureza'.

Mais tarde, ele conhece Dixie Locke, com quem inicia um relacionamento mais sério. Dixie era a nora ideal, um reflexo de esposa perfeita, já que ela vinha de um ambiente cristão e trabalhador, ganhando assim um voto de confiança.

Inspirado no exemplo dos pais, em 1954, Elvis e Dixie pensaram seriamente em casamento. Mas preferiam esperar Dixie terminar os estudos antes de consumar a relação.

22/02/15

ELVIS PRESLEY BIRTHPLACE

Tupelo, Mississippi, cidade natal de Elvis Presley, é visitada por milhares de fãs do mundo. A principal atração é a pequena e humilde casa de madeira de dois quartos, pintada de branco, redecorada em estilo anos '1930', com jardins paisagísticos, onde o cantor nasceu em 8 de janeiro de 1935.


08/02/15

NOVOS LANÇAMENTOS DA FTD PARA MARÇO


1º - 'THIS IS ELVIS (2 CD'S) - Uma biografia notável, escrita em filme - "This Is Elvis" - de David L. Wolper e Produção de Andrew Solt / Malcolm Leo, um lançamento da Warner Bros.. Escrito, dirigido e produzido por Solt e Leo (mais conhecido por seus heróis de televisão especial de Rock and Roll). O filme acompanha as inovações introduzidas pela primeira vez pelo produtor Wolper, cujo os 650 filmes vencedores do Emmy e vencedores do Oscar.

O filme contém cenas nunca vista antes, cinescópios de propriedade privada, desde os primeiros anos na TV, outtakes marcantes dos filmes de Presley e recriações precisas de momentos cruciais na sua vida.

No disco 1 apresenta o 'álbum de originais ", incluindo edições oficialmente inéditas de ' Merry Christmas Baby' (versão breviada), 'Too Much Monkey Business' (versão abreviada), 'I've Got A Thing About  You Baby' (versão abreviada) , 'Suspicious Minds' (12 de agosto de 1970 (versão da meia-noite - abreviada), "Memory" (versão abreviada)
No disco 2 contém  versões estendidas -- 'Home Video Tracks"

18/01/15

GRACELAND RANDERS -- POR ANTONIO CARLOS SURTICA


Graceland Randers é uma réplica da mansão original de Elvis Presley, construída por Henrik Knudsen, presidente do fã clube dinamarquês 'The Official Elvis Presley Fan Club Of Dinamarca'.

Em 16 de abril de 2011 foi oficialmente aberta para a visitação pública, sendo um prédio duas vezes maior do que a Graceland original, localizada em Memphis nos Estados Unidos, uma vez que também dispõe de um restaurante, loja e museu. O projeto teve o apoio de Priscilla Presley, ex-esposa do cantor.

A atração contém cerca de 6 mil posses originais do Rei, incluindo guitarras, botas, cartas, contratos e outros objetos de memorabília. O escritório de turismo da cidade estipula que a Graceland Dinamarquesa atraia entre 75 e 125 mil visitantes a cada ano, principalmente da Europa.

08/01/15

80 ANOS DE NASCIMENTO DE ELVIS PRESLEY


É incrível pensar e até mesmo emocionante; que um menino pobre, nascido numa madrugada do dia 8 de janeiro de 1935, numa cidade humilde, chamada Tupelo em Mississippi, se transformasse numa das personalidades mais ilustres e importantes no mundo da música.

Pois foi o que aconteceu há 80 anos atrás.

Elvis Presley nasceu, transformou, revolucionou culturas, comportamentos e principalmente abriu as portas a um ritmo discriminado e praticamente excluído da sociedade. Elvis, fez o mundo conhecer o Rock N' Roll, que já existia nos becos mais pobres das ruas de Memphis. Um ritmo de música negra, considerada vulgar e estímulo para a delinquência juvenil.

Na década de 50, Elvis era apenas um rapaz sonhador, solitário, protegido por sua mãe, que morria de medo de perder seu único filho tão amado. Um menino apreciador da música negra, principalmente da música gospel cantada na igreja perto de sua casa. Foi lá que ele aprendeu seu estilo de cantar e de dançar. Elvis era um negro nascido no corpo de um branco. Mas essa foi sua missão! Acabar com um tabu de preconceitos e fazer o mundo conhecer um ritmo e uma música que nunca morrerá, assim com sua passagem em vida.

Não foi fácil para Elvis ter que encarar uma sociedade hostil. Mas ele superou com muita garra, humildade, generosidade e principalmente com sua fé inabalável em Jesus Cristo que sempre manteve em seu coração, apesar de tantos fatos tristes e traumáticos que viveu. 

Elvis, não só conquistou seu país com carisma, educação e respeito, como também o mundo todo.
Sua música ultrapassou fronteiras, conquistando milhões de fãs. 

04/01/15

MORRE JOE GUERCIO, MAESTRO DE ELVIS

Infelizmente inicio as atividades do blog no ano de 2015 com essa notícia triste, no mundo Elvístico.

Foi confirmada a morte de Joe Guercio.

Segundo informações, Joe levou um tombo e decorrente a este fato, acabou falecendo hoje (04/01/2015) com 86 anos de idade. 

Joe Guercio foi o maestro de Elvis Presley o acompanhou de 1970 até sua morte em 1977. Ele participou de muitos dos momentos históricos da carreira de Elvis, estando presente nos documentários 'That's The Way It Is (1970)'; 'Elvis On Tour (1972)' e os especiais de TV "Aloha From Hawaii (1973)' e 'Elvis In Concert (1977)'. Também acompanhou os shows 'Elvis The Concert' e 'Elvis In Concert' entre 1997 a 2013. 
O tema de entrada dos shows de Elvis do filme '2001 Uma Odisseia no Espaço', foi ideia de Joe.
Esteve no Brasil em turnê do 'Elvis In Concert' de 2012 e 2013 e foi muito atencioso com os fãs.

21/12/14

FELIZ NATAL E UM PRÓSPERO ANO NOVO!


Quero desejar a todos os fãs e amigos em Elvis Presley, um Natal cheio de paz e amor. Que todos nós possamos refletir no que representa de verdade essa data tão especial - O Nascimento de Jesus Cristo.
Que neste dia, possamos reavivar a nossa fé, a nossa esperança em dias melhores, em um mundo melhor, com menos guerra, egoísmo, inveja, preconceito...  e mais amor ao próximo e no coração.

Que 2015 venha com muita PAZ!
E desejo que todos realizem seus sonhos e que seja um ano muito feliz!

Agradeço o carinho dos fãs e amigos que fiz ao longo desses 2 anos de blog. Pelas visitas, pelos comentários, críticas, elogios... até mesmo aqueles que entram em silêncio, mas sempre passam por aqui. Os visitantes, os seguidores... Enfim, a todos os maravilhosos e fiéis fãs do 'Eterno Rei do Rock', que em 2015 será comemorado no mundo todo, os 80 anos de seu nascimento, em 8 de janeiro. Que por sinal, sua vinda ao mundo foi de uma importância enorme. Principalmente para a música negra, tão discriminada na década de 50. Seu papel teve esse significado de 'Rei do Rock' simplesmente por abrir as portas a um ritmo diferente, forte, envolvente e sensual; causando uma verdadeira revolução na música e no comportamento.